CIRURGIA PLÁSTICA
  Cirurgias Corporais
  Cirurgias Faciais
  Infantil
  Reparadora
  Tumores Cutâneos
  Correção de Cicatrizes
  Tratamento de Feridas
  Tratamento de Queimados
DERMATOLOGIA
  Doenças de Pele
  Cabelos e Unhas
  Manchas
  Acne
  Depilação, Peelings
     Preenchimento e Botox
  Procedimento Dermatológico
  Câncer de Pele
  DST
  Pele e Crianças
  Pele e Stress
  Pele e Gestação
  Envelhecimento Cutâneo
  Pele Negra
  Hanseníase
  Dicas para cuidar da Pele
MEDICINA ESTÉTICA
  Laser
  Tratamentos Faciais
  Tratamentos Corporais
  Tratamentos Estéticos


DERMATOLOGIA > DEPILAÇÃO, PEELINGS, PREENCHIMENTO E BOTOX

Depilação a Laser
A solução para os pêlos indesejáveis e para a foliculite é a depilação a laser de diodo LightSheer®, que pode ser aplicado em qualquer área do corpo e em todo tipo de pele, inclusive morenas e negras.

O tratamento não acaba com 100% dos pêlos e sim com 85 a 95% destes, depois de realizados 4 a 7 sessões. Mas com a manutenção, pode-se chegar muito próximo da depilação definitiva de todos os pêlos.


Os que sobram vão ficando cada vez mais finos e claros e demoram mais para crescer, com menor índice de complicações (“inflamação e irritação” dos pêlos e da pele), ou seja, ficam esteticamente mais aceitáveis.

O aparelho recebeu a aprovação do FDA (órgão de controle de medicamentos dos EUA) para redução definitiva de pêlos. Por isso, é importante ressaltar que, devido ao ciclo de vida destes, nem todos os fios se encontram na fase ideal para a ação do laser, a fase de crescimento ou anágena. Deve ser dado um espaço de cerca de 30 dias entre cada sessão, de modo que os pêlos que estejam na fase de repouso (telógena) passem para a fase de crescimento, tornando-se, então, mais vulneráveis ao tratamento.

 


A preparação prévia consiste em evitar arrancar o pêlo 30 dias antes, seja por meio de depilação com cera ou pinça; também se deve evitar a exposição solar (estar bronzeado). Caso contrário, poderá ser necessário um número maior de sessões. As instruções após a remoção dos pêlos a laser devem ser seguidas corretamente, inclusive evitando a exposição solar na área tratada por, pelo menos, 1 semana.

É bem tolerada pela maioria dos pacientes, podendo ocorrer os seguintes efeitos colaterais: vermelhidões, pequenas bolhas, manchas claras ou escuras e crostas, que regridem na grande maioria dos casos.

O resultado a ser esperado com a depilação pelo Laser de Diodo é a redução definitiva dos pêlos, mas isso pode variar de acordo com cada caso e localização do tratamento, devido à porcentagem de fios em fase de repouso e à características pessoais de cada indivíduo.

  PEELING DE CRISTAL

A microdermoabrasão é um procedimento realizado com um aparelho que produz um jato de microcristais promovendo um peeling cutâneo superficial. Devido a sua simplicidade e rápida recuperação o paciente pode realizar este procedimento e retornar as suas atividades profissionais e sociais imediatamente. Não há necessidade de interrupção dos tratamentos estéticos do dia-a-dia e pode ser realizado em qualquer época do ano, inclusive verão, com segurança.

Seu efeito é de minimizar poros abertos, deixar a pele com viço e luminosidade, suavizar cicatrizes e rugas superficiais e, se associado ao peeling químico, potencializar seus efeitos.


  PEELING QUÍMICO

O Peeling Químico é um ato médico no qual se aplica uma ou mais substâncias que podem causar descamação da pele em diferentes níveis. Melhora a textura da pele, rugas finas e estrias, clareia manchas ou sardas e diminui cicatrizes de acne e lesões acneicas em atividade.

O peeling pode ser superficial, médio e profundo. Neste procedimento, podem ser utilizados diversos tipos de ácidos de acordo com o resultado que se deseja obter e com a profundidade que se deseja atingir. Somente o médico poderá lhe indicar o peeling ideal para a sua pele.


Antes da realização do peeling, a pele deve ser “preparada” com produtos à base de clareadores ou ácidos, por alguns dias ou semanas, para o resultado ser melhor e mais uniforme. Após, aconselha-se evitar a exposição ao sol e usar protetor solar diariamente.


  PREENCHIMENTO CUTÂNEO

O preenchimento cutâneo visa à correção de sulcos, rugas e cicatrizes. Consiste na injeção de substâncias sob a área a ser tratada elevando-a e diminuindo a sua profundidade, com consequente melhora do aspecto. A aplicação de substâncias reabsorvíveis, como o ácido hialurônico, é uma das técnicas mais aceitas e seguras. Os resultados obtidos duram em média 6 a 12 meses.
Uma variação desta técnica é o auto-enxerto de gordura, na qual retira-se gordura de uma área do corpo onde esteja em excesso (através de lipoaspiração) e injeta-se sob a ruga, elevando-a.

  TOXINA BOTULÍNICA

A aplicação da toxina botulínica tem como objetivo amenizar as rugas de expressão dinâmicas, ou seja, aquelas provocadas pela contração muscular da mímica facial, que leva, ao longo do tempo, à formação de vincos na pele. Também é utilizada no tratamento da hiperidrose (excesso do suor) axilar, palmar e plantar.

O Peeling Químico é um ato médico no qual se aplica uma ou mais substâncias que podem causar descamação da pele em diferentes níveis. Melhora a textura da pele, rugas finas e estrias, clareia manchas ou sardas e diminui cicatrizes de acne e lesões acneicas em atividade.

O peeling pode ser superficial, médio e profundo. Neste procedimento, podem ser utilizados diversos tipos de ácidos de acordo com o resultado que se deseja obter e com a profundidade que se deseja atingir. Somente o médico poderá lhe indicar o peeling ideal para a sua pele.



Fonte: www.sbd.org.br / www.sbdrj.org.br / www.dermatologia.net

plasticaedermatologia.com.br | Desde  2009  ©  Todos os Direitos Reservados